quinta-feira, 25 de março de 2010

Estou estudando e não vejo resultado

Meus queridos,

passada a empolgação inicial do curso, agora começamos a perceber que o buraco é um pouco mais embaixo e que precisaremos estudar mais do imaginávamos para conseguir alcançar nossos objetivos.

Será que só eu pensei isso nessa época do ano? Lembro que, quando fiz a turma IME/ITA, eu já começava a dar sinais de cansaço nessa época. Final de março, começo de abril. Matéria ficando mais pesada, a gente começa a ficar devendo coisas de uma semana pra outra. E o pior: eu estudava e, na hora do simulado, adivinha: trolha!
hahahaha

Pois é, meus amigos. É natural ter essa sensação durante o ano. Podem acreditar, é normal. Como já passei exatamente pelo que vcs estão passando, vou tentar ajudar um pouco.

Comentei em algumas turmas que dois verbos deveriam ser conjugados este ano: ACREDITAR e TRABALHAR. Em muitas etapas do ano, vc só vai conseguir conjugar um deles. É normal! O que não pode acontecer é conjugar nenhum deles.

Se vc está trabalhando, estudando, correndo atrás, e não vê resultados, vc começa a deixar de acreditar. Beleza. Se vc deixar de conjugar o verbo "acreditar", automaticamente vc precisa passar a conjugar mais ainda o verbo "trabalhar". Trabalhe. Trabalhe muito. Os simulados são feitos pra apontar os erros. Use-os pra isso. Veja que parte da matéria vc está errando mais. E trabalhe em cima disso.

Lembro de uma passagem do livro do Bernardinho, em que ele cita momentos dentro do vestiário, antes da final dos Jogos Olímpicos de 2004. Todos os jogadores reunidos, e ele pensando em alguma coisa pra falar aos jogadores, pra dar aquele gás final. E a mensagem dele foi genial. Ele tinha apenas uma exigência a fazer aos jogadores: "No vestiário, algumas palavras. Só para falar a eles de meu orgulho e de minha confiança. Exigência, apenas uma: que saíssem daquela final tendo deixado na quadra todo o seu esforço, toda a sua paixão, todo o seu suor. O que o placar ia dizer dependia também do adversário, mas dar tudo pela vitória só dependia de nós."

Caraca, eu fico arrepiado lendo isso. Não é sacanagem! Meu amigo, aluninho querido, olha essa porra! O resultado depende dos adversários. Existem 90 vagas pro IME. Estar entre os 90 primeiros não depende só de vc. Depende do resultado de todos os outros concorrentes. Mas existe uma coisa que só depende de vc: fazer o seu máximo. Trabalhar o máximo, com o máximo de intensidade, mostrar entrega, cair de cabeça nisso... isso só depende de vc. Não depende de outra pessoa. Porra, oq vc está esperando? Cai dentro, cara.

Suar sangue, comer grama, pular em todas as bolas, não acreditar que existe bola perdida... tudo isso a gente ouve falar que os jogadores devem fazer. Trazendo pra nossa realidade, faça a sua parte. Não deixe o tempo passar. Sue sangue, coma grama, engula o TD/ET/MC/etc., faça valer o esforço dos seus pais pra pagar o curso. Pense em quantas pessoas gostariam de ter a chance de estudar e não têm. Vc tem a chance de estudar? Aproveite! Estude, kct! Ao longo do caminho, vc vai ouvir muitas pessoas dizendo: "isso é coisa de maluco". Certamente. Essas mesmas pessoas vão olhar pra vc no final do ano e falar: "Po, aquele maluco passou! Ele é foda!"

Não acredite que vc tem uma segunda chance. Pense que este é O ano da sua vida. Nada vai ser igual depois desse ano. Como disse o Nizan Guanaes, no outro post: "Colabore com seu biógrafo". Eu não tinha segunda chance. Se não passasse em 98, minha mãe já tinha me dito que eu iria trabalhar de dia pra pagar os estudos de noite. Só fiz o Ensino Médio em colégio particular pq consegui bolsa de 100%. Minha mãe não tinha a menor condição de pagar o colégio. Hoje em dia, graças a Deus e a ela, a situação já não é tão crítica. Se vc ficar pensando que tem uma segunda chance, não vai se empenhar ao máximo nesta chance atual. Por experiência própria, eu falo pra vcs: não existe sensação melhor do que a de ser aprovado no concurso que vc queria. É a premiação do seu esforço. É uma coroação. E aí todos aqueles que te chamavam de maluco, que não acreditavam em vc, todos eles vão engolir oq disseram. E vc vai evoluir.

Faça a sua final olímpica este ano. Vá pra quadra e se jogue em todas as bolas. Corra, sue, grite, vibre. Esse é o SEU ano. É o início do resto da sua vida.

Toda maratona começa com um passo. A aprovação é logo ali.

Beijomeliga.

7 comentários:

  1. Esse é O ano sim! O ano daqueles q tem disposição pra se esforçar e, acima de tudo, vencer! Vencer de forma sofrida, ou seja, crescendo!! Palavras do luciano...'é sofrendo q agnt evolui'
    E peço a todos que não esqueçam de transformar este sonho em meta O MAIS RÁPIDO POSSÍVEL!!!
    Como o humberto disse... 'a aprovação é logo ali'

    bju =D

    ResponderExcluir
  2. ja enchi esse blog com um comentario
    vo fazer um pequeno agora:
    simplesmente descreveu oq eu pensava em 2008.
    tinha hora q era so trabalho, tinha hora q era so força de vontade, no final o estudo era mecanico e a certeza veio mais pra esquecer a duvida, do q como certeza msm. vc nao sabe se vai dar certo, mas la no fundo, qnd vc olha p tras e ve todo o teu suor, todo teu sangue derramadom por aquilo vc para e pensa:"é impossivel eu nao passar", nao por salto alto ou por vc ser fodao demais, mas por tudo q vc batalhou, por todo teu trabalho. eu digo pra vcs, ouvir meu nome naquele auditorio foi indescritivel, olhar ao redor e ver meus professores(o humbertinho tava la q eu lembro) , meus amigos...no fundo oq move isso e a fé. nao a fé de religiao, a fé da certeza no teu objetivo. nao ha nada q prove q vai dar certo, so a tua vontade em acreditar q vai, isso nao pode faltar nunca!
    parabens de novo pelo blog, humberto!
    galera, acreditem e trabalhem, esse é o caminho infalivel!
    um grande abraço!
    Pedro de Arká

    ResponderExcluir
  3. Ahhhhhhhhhhhhhhh!!!!
    trabalhar que nem um louco!
    gritar...vibrar!! é isso!
    todos vão dizer...tu é F. !!!!
    Eu acredito nisso!Esse é meu ano!!!
    Humberto é Pica!

    ResponderExcluir
  4. acredito no caminho e principalmente em mim. ninguém vai me parar.
    gogogo.

    Perrotta

    ResponderExcluir
  5. Tawana rabello Ime/Ita II2 de abril de 2010 00:47

    Querido professor,
    Obrigado pelos marilhosos conselhos e em se preoucupar tanto conosco. É muito com saber que o que tenho passado não só aconteceu comigo, mas com alguem que já alcançou o sucesso. Seguir o curso Ime/Ita ñ é nada fácil, é como matar um leão por dia. Ñ só em conteudo, mas tambem financeiramente. Ñ penso em desistir mtu menos desanimar, encaro minhas dificuldades como desafios pessois q devo superar. Apesar de ñ estar na turma especial e estar levando "Bombas" nos simulados, minha situação vai mudar para melhor e eu vou a cada dia progredir. Porque ñ há mal q perdure eternamente e trabalho q nunk venha a ser recompensado. EU ACREDITO EM MIM E EM MEU POTENCIAL. Obrigada por reforçar meu otimismo, suas mensagens são de grande utilidade para nos, meros estudantes aflitos. hahahha EU VOU SER UMA MERCANTE (YN). Beijoos, Tawana Rabello.

    ResponderExcluir
  6. oi adorei os textos novos!como sempre conselhos otimos!obrigada teacher
    beijos

    ResponderExcluir
  7. vamios passario no ITIA esse anio!

    ResponderExcluir