sexta-feira, 19 de março de 2010

O que estudar?

Meus queridos,

esse post é pra completar o post anterior, sobre a organização do tempo de estudo. Depois de vc ter feito uma tabelinha, com os horários em que vai estudar cada matéria, vc precisa ver oq vai ser estudado. Já adiantei um pouco no post passado, mas vamos ao que interessa.

Quando vc faz um curso, um dos principais fatores para o seu sucesso é vc confiar no método empregado pelo curso. Vc tem que seguir e acreditar naquilo que os professores dizem pra vc fazer. O material utilizado no curso é a sua principal ferramenta. Se vc vivesse de quebrar paredes, vc andaria sempre com uma marreta na bolsa. Pode reparar como os técnicos em eletrônica sempre carregam uma bolsinha, com chaves de fenda, ferro de solda, etc.. Os técnicos em informática carregam uma bolsa com CDs de instalação de Windows, drivers de placa mãe, placas de vídeo, etc.. Vc, como aluno de turma IME, tem que carregar na sua bolsa a sua principal ferramenta: o material. Falo de apostilas, TDs (ET, MC, ou algo do gênero) e material que vc copiou. Esse material tem q viver colado em vc. Vai no banco? Leva uma folhinha pra ler ou fazer exercícios. Vai comer? Leva o TD. Na guerra, nenhum soldado vai nem ao banheiro sem levar o seu fuzil. Esse ano que vc está vivendo é de guerra. Logo, ande sempre com o seu "fuzil".

Na hora em que vc for estudar, eu sugiro a seguinte ordem de prioridade:
1. Primeiro, vc tem q garantir que não tem dúvidas nas aulas. Isso engloba o material q vc copiou, as folhas distribuídas na aula e os tópicos da apostila daquele assunto (se houver apostila do curso).
2. Depois q vc matou as aulas, já aprendeu tudo que o professor passou, vc precisa manter o ritmo com os assuntos que já passaram e fazer um pouco mais de exercícios. Isso vc faz com o TD.

Nesse ponto, eu acho que seu tempo já acabou. Rever todas as aulas e matar os TDs toma muito tempo. Mas se ainda houver tempo pra estudar, vc tem duas opções: fechar algum detalhe que tenha ficado pra trás ou viajar um pouco.

Se vc quiser fechar algum detalhezinho, um livro-texto pode ajudar. Na aula, a gente varre tudo oq é mais provável cair nos concursos. Mas é impossível falar em sala tudo o que pode aparecer, por um motivo simples: as bancas podem inventar oq elas quiserem, dentro do programa. Logo, tentar fechar um ou outro buraco usando um livro-texto bom não é má idéia.

Se vc quiser viajar um pouco, aí vc pode tentar fazer os desafios da apostila ou das listas que o professor disser q são as mais difíceis. Na internet existem algumas coisas boas tb, dá pra garimpar. Tenho uma opinião bem radical em dois casos aqui: provas antigas e livros de viagem.

Pra fazer as provas antigas, eu recomendo que vc espere a hora em q o curso começar a liberar. Não adianta vc querer começar a fazer prova antiga em abril.
"Ah! Mas eu já vi a matéria no ano passado!"
"Se tivesse aprendido direito, teria sido aprovado!"
Agora é a hora de estudar por assunto. Não é hora de fazer prova ainda.

Sobre os livros de viagem, estilo Saraeva, eu penso o seguinte: eles são bons e úteis, até certo ponto. Tem muita coisa ali q não serve muito pra quem quer passar pro IME ou pro ITA. Logo, não acho válido vc ficar tentando matar um livro desses. Acho que ele deve ser aproveitado no que presta. E pode ter certeza, oq presta dele os professores vão usar. Na pior das hipóteses, peça a algum professor orientação antes de desandar a tentar fazer o livro todo. Peça a orientação sobre oq vc deve e oq vc não deve tentar fazer.

Agora vc já pode ter um rendimento mais apropriado do seu tempo de estudo. Lembre-se sempre que é vc quem vai determinar até onde vc vai chegar. O seu esforço vai te permitir chegar mais longe. E a falta de esforço vai te fazer ficar preso. Logo, mãos à obra.

Vamos lá! A aprovação é logo ali.

Bom final de semana a todos.
Beijomeliga.

9 comentários:

  1. otimo post mestre humberto!!!

    NAO DEFEQUE.... ESTUDE!!!!!!

    ( Adriel, IMMMMMMMMMMMEEEEEEEEEEEEEEEEE POHHAAAAAA!!!!! )

    ResponderExcluir
  2. mto bom esse post!
    só gostaria de perguntar uma coisa...Na sua opinião qual o tempo mais adequado para se começar a resolver provas antigas, no caso de quem estuda sem cursinho específico?

    Renata.

    ResponderExcluir
  3. Renata,

    se vc não faz um cursinho específico, uma época boa pra vc começar a fazer as provas antigas é lá pelo meio de junho, início de julho (provas da AFA e EFOMM) ou meio de agosto (provas do IME). O ITA é só em dezembro, dá pra fazer as provas antigas depois do vestibular do IME.

    Obrigado a todos pelos comentários.
    Beijomeliga.

    ResponderExcluir
  4. Obrigada pela atenção!
    um grande abraço,
    Renata.

    ResponderExcluir
  5. adorei o post prof !
    po, depois libera aqueles sites que você usa nas apresentações ! tipo aquele do espelho que você anda com o objeto e ele mostra a imagem.

    beijos !

    ResponderExcluir
  6. Humberto,
    o meu foco é EN ou EFOMM,é pelo que sei a mtéria mais cobrada é matemática,a qual tenho um imenso déficit.Queria saber se estudando quimica posso recompensar essa desvantagem?
    Abraços.
    Douglas Rosa

    ResponderExcluir
  7. Olá...o meu nome é Jeniffer e quero fazer Engenharia de Computação no ITA, mais não tenho condições de pagar um cursinho....
    O que preciso estudar e quanto tempo no dia?

    ResponderExcluir
  8. Boa Tarde.
    SR Humberto, ótimo post,
    que Deus abençõe!( Todos)
    Abraços =)

    ResponderExcluir
  9. -~near~- o que é TD?

    ResponderExcluir